Sobre o Movimento Popular INCLUA-SE

Minha foto
São Caetano do Sul, Região do ABCD /São Paulo, Brazil
Não sabemos o que somos e sim o que NÃO somos! Não somos uma organização não governamental sem fins e muito menos com fins lucrativos (ONGs); Não somos um INSTITUTO; Não somos uma INSTITUIÇÃO nem pertencemos a uma; Não somos de CONSELHOS nem representamos segmentos. Não defendemos bandeiras PARTIDÁRIAS. Sendo assim, somos ILEGÍTIMOS aos olhos dos Poderes Constituídos!

Flagra - Portão sobre o passeio público!







Postado em 25.05.2012





Flagra de Cristiano Toledo...



Pelo facebook do Movimento Inclua-se!, o cidadão sulsancaetanense Cristiano Toledo nos enviara a imagem de uma residência na rua José Benedetti, cujo portão avança sobre o passeio público do calçamento, expondo o seguinte questionamento:

"Esses "puxadinhos" sobre a calçada pagam IPTU ??? Qual o limite deste abuso ??"

Esta é uma prática  - apropriação indevida do espaço PÚBLICO - cada vez mais frequente na paisagem de São Caetano do Sul! Pelo google maps observei outra residência, próxima a enviada pelo munícipe, também incorporando parte do passeio público à propriedade.

  
  Google Maps.

Não sei se há uma lei municipal (Código de Posturas) que proíbe tal apropriação, o que sei é que segundo o Decreto-Federal 5296-04, lei maior, que trata das questões concernentes a acessibilidade, sobretudo no meio urbano,  estas práticas estão terminantemente PROIBIDAS, pois impedem que uma pessoa com deficiência visual que faça uso da bengala longa circule com conforto e segurança pelo passeio, já que  estas pessoas utilizam o alinhamento das edificações como guia de orientação.


 Google Image.

 
Alô, alô Prefeitura: quando irão  por fim a estas - dentre tantas outras - apropriações indevidas  do calçamento ora por moradores, ora por comerciantes e ora pelo próprio poder público?



Tuca Monteiro.





 <<Anterior                         Próxima>>



Esta postagem será enviada  para a  Ouvidoria Municipal. Havendo o retorno, postaremos o mesmo na janela de comentários.

 


3 comentários:

  1. O escroto que faz isso, deveria ser preso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá...

      Essas más práticas ocorrem, pois não há fiscalização por parte da Prefeitura! Secretaria responsável Secont titular da pasta Balbo Santarelli.

      Excluir
  2. Que trabalho bonito, fantástica a sua iniciativa de denunciar estes abusos.. Que venham os resultados dos seu trabalho.
    Parabéns...

    ResponderExcluir